quinta-feira, 18 de junho de 2009

180 anos da imigração dos Brenner


Friedrich Karl Brenner, o genearca da minha família, na linha paterna, nasceu em 23 de junho de 1784, na cidade de Birkenfeld, na região de Hunsrück, distante 6 km da margem esquerda do Rio Nahe, afluente do Reno. Ele era músico e tecelão de linho, em Birkenfeld, onde casou, em 24.2.1810, com Maria Dorothea Margaretha Kunz. Ela nascera 6 km ao sul, em 14 de agosto de 1788, em Hof Werdenstein, junto a Hoppstädten.
Ocupada pelas tropas francesas, desde 1792, a região pertencia à França, por tratado, desde 1795, e o registro de casamento foi escrito em francês: Acte de Mariage. A primeira filha do casal que conhecemos, Philippine, nasceu em 1814, ainda sob domínio da França. Os outros filhos, Juliana, Karl e Carolina, nasceram após a libertação, entre 1819 e 1826, quando a cidade era sede do Principado de Birkenfeld, pertencente ao Grão-Ducado de Oldenburg.
No final de 1828, Friedrich Karl Brenner decidiu emigrar para o Brasil, tendo providenciado a documentação já em outubro daquele ano.

Um comentário:

Alberto disse...

Mismo tronco familiar desde el que - en 1850 - emigró al Perú y a Chile.
Felicitaciones por divulgar la hermosa historia de la Familia, don José Antonio.
Saludos cordiales desde Santiago de Chile,

Alberto Brenner