quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Brenner em Sapiranga - 1

Recebi hoje, do Pe. Serafim Serafini, o livro História de Sapiranga, de Lucio Fleck, onde encontrei importante revelação sobre minha família Brenner, do lado materno.
Meu bisavô Franz Karl (Carlos) Brenner chegou a Porto Alegre, em 1846, com 15 anos de idade, na companhia de sua irmã Maria Catharina, casada com Johann Jacob Cullmann.
A família Cullmann-Brenner deixara a Alemanha com três filhos: Katharina, com quatro anos; Johann Jacob, 2; e Philippina, com seis meses. Esta última, que não teve sua chegada registrada por Hillebrand, pode ter falecido na viagem.
Eu sabia que se estabeleceram na colônia alemã, sem mais detalhes. Agora os encontro entre os primeiros moradores de Sapiranga, entre 1845-70, listados no citado livro (p.54): Kullmann, Johann Jakob e Maria Katharina Brenner.
Há, também, um indício da presença, em Sapiranga, dos Brenner da linha paterna. O livro apresenta (p.41) a relação dos primeiros compradores de terras em Sapiranga, onde consta que Carlos Brenner e João Brenner compraram, em 10.7.1869, uma área do primitivo proprietário João Schuch. Meu bisavô paterno Pedro Brenner tinha os irmãos Carlos, nascido em Birkenfeld, em 1822, e João, nascido em Campo Bom, em 1830. Em 1869, eles teriam 47 e 39 anos. O fato de Carlos e João Brenner terem feito a compra em conjunto é um indício de que eram irmãos, mas pode ser coincidência. É preciso investigar.

2 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kauanne Soares Dauber disse...

Olá. Boa tarde. Gostaria muito de uma ajuda sua. Tenho participação na família Brenner, mais só sei o nome do meu bisavô chamado João Ulisses Brenner que deve ter nascido em sapiranga. Mais só sei essa informação. Gostaria de saber mais sobre minha família
Grata
Kauanne Dauber